Comunicação

Notícias

  • Radiodifusão Pernambucana mobiliza sociedade e governos no combate às manchas de óleo no litoral

    21/10/2019 - ASSERPE
    Veículos de comunicação tem sido determinantes para medidas emergenciais e debate sobre causas do grave episódio

    As emissoras de rádio e TV de Pernambuco tem sido essenciais na mobilização da sociedade, entes governamentais e privados no debate sobre as manchas de óleo que se abateram sobre o litoral do Estado desde setembro do ano passado. Nos últimos dias, praias pernambucanas com enorme atrativo turístico tem sido atingidas.

    Só nos últimos dias, praias de Suape e Calhetas, Itapuama, Xaréu, Ilha de Tatuoca, no Cabo de Santo Agostinho, São José da Coroa Grande e Praia dos Carneiros e Praia do Paiva estão entre as atingidas. Para que se tenha uma ideia, oito das nove praias localizadas em Ipojuca cidade já foram atingidas pela manchas de óleo. Até o momento, apenas Porto de Galinhas está sem registro de manchas.

    Até agora, cerca de 60 toneladas de óleo foram retiradas, segundo as autoridades.

    Graças às emissoras de rádio e TV do Estado, o registro da tragédia ambiental tem tido repercussão em todo o país. Nos telejornais e na programação das rádios, o trabalho também tem ajudado a mobilizar voluntários, sempre alertando para a necessidade de trabalho usando EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), convocar a iniciativa privada, além de manter a vigilância e cobrança às autoridades nas mais diferentes esferas sobre ação imediata para conter o óleo, explicação e apuração para a origem do problema.

    Como fomentadora natural do turismo no litoral pernambucano e por seu perfil de defesa de nossos ecossistemas, a ASSERPE se solidariza com as populações e famílias pernambucanas que dependem da atividade turística, além de manter a vigilância para uma saída rápida para o problema.