Comunicação

Notícias

  • ASSERPE é notícia: Radiodifusores de PE informam população sobre manchas de óleo no mar

    13/11/2019 - Abert
    Do site ABERT

    O litoral do estado de Pernambuco é, até o momento, o mais afetado pelo vazamento de óleo cru que polui as praias nordestinas desde o fim de agosto.

    Toneladas do resíduo já atingiram a costa pernambucana, uma dos mais procuradas por turistas em todo o país. Para organizar a reação frente ao problema, a comunidade lançou mão de uma ferramenta com alto poder de mobilização: o sistema de radiodifusão.

    De acordo com o presidente da Associação das Empresas de Radiodifusão de Pernambuco (Asserpe), Nill Júnior, o meio tem sido a principal ponte entre a população e os órgãos que detêm informações. “As emissoras levam à sociedade dados sobre o surgimento de novas manchas e mobilizam os entes públicos, além de cobrar uma explicação para o ocorrido e o que tem sido feito para reduzir os efeitos do desastre ambiental”, reforça.

    Desde que os possíveis efeitos da mancha de óleo entraram no debate, as emissoras de rádio e TV vêm se empenhando em combater a desinformação, mesmo que dúvidas pairem sobre o episódio. Ainda não se sabe, por exemplo, a composição química do produto que está sendo coletado, por isso sua reação no organismo também é imprevisível.

    “Alguns voluntários já foram flagrados sem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) enquanto ajudavam na limpeza de praias”, alerta.

    Com o intuito de reduzir o risco de exposição ao material desconhecido, a imprensa profissional também se empenha em garantir a presença de autoridades sanitárias e ambientais nos mutirões.

    A visibilidade do assunto aumentou o contingente de solidariedade. Empresas doaram os equipamentos de segurança necessários para garantir a saúde do time de moradores e turistas que se dedicam a recolher os dejetos. Nos últimos dias, uma caravana deixou a capital, Recife, para somar esforços na retirada de óleo da Praia do Paiva, localizada no sul do estado. Não faltam iniciativas, individuais e coletivas.

    Diante da pressão social e da mobilização da mídia, o poder público vem respondendo com mais informação.

    Após a criação do gabinete de crise, o governo estadual promove coletivas diárias para atualizar os dados disponibilizados pelas equipes de monitoramento. Afinal, é preciso se preparar para o verão, que traz sol firme, turistas e prosperidade econômica para a região.

    Acesse: https://www.abert.org.br/web/index.php/notmenu/item/26884-radiodifusores-de-pe-informam-populacao-sobre-manchas-de-oleo-no-mar