Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Asserpe - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Asserpe.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Asserpe não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Asserpe implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar

Comunicação

Notícias

  • Rádio Clube é oficialmente um Patrimônio Cultural Imaterial do Recife

    29/07/2021 - Diário de Pernambuco
    Emissora é a primeira do país, nascida em 1919

    A Rádio Clube AM 720 agora é oficialmente um Patrimônio Cultural Imaterial do Recife. O novo título para a rádio, que integra o Grupo Diario de Pernambuco, é mais do que justo, visto que trata-se do primeiro veículo de radiodifusão fundado no Brasil, em 1919.

    O fato reitera o protagonismo de Pernambuco nos meios de comunicação, tendo ainda o jornal mais antigo em circulação na América Latina (o Diario) e a primeira TV fundada no Nordeste: a TV-Rádio Clube (1960-1980).

    O projeto de lei nº 141/2019, para transformar a rádio em patrimônio, de autoria do vereador Chico Kiko (PP), foi sancionado nesta quarta-feira (28) pelo prefeito do Recife. João Campos (PSB) assinou o documento durante entrevista ao vivo ao programa Manhã na Clube, apresentado pelo jornalista Rhaldney Santos e com produção de Douglas Fernandes. A publicação no Diário Oficial na quinta (29).

    "Uma rádio mais que centenária, sendo pioneira na América Latina e no Hemisfério Sul. Tem história, compromisso com a nossa cidade, com o nosso estado, com a transmissão da verdade e com os valores democráticos", disse Campos. "A Rádio Clube com certeza dá sua contribuição para o que acreditamos ser importante para a nossa cidade e para o nosso país."

    O vereador Chico Kiko afirmou que teve a ideia para o projeto por sempre ter considerado a Rádio Clube um veículo importante para o estado. "Observei que ela ainda não tinha uma homenagem dessa ordem partindo da Câmara. Eu queria que a aprovação do projeto de lei ocorresse no dia do centenário, em 2019, porém o processo acabou sendo mais lento. Só agora tivemos a oportunidade de aprovar merecidamente. É uma rádio centenária e que merece muito mais."

    Foi em 6 de abril de 1919 que o grupo de Amadores de Telegrafia Sem Fio, a TSF, se reuniu para registrar a fundação oficial da rádio. Liderados por Augusto Joaquim Pereira, eles praticavam a telegrafia sem fio por hobby, em uma fase ainda experimental, e acabaram sendo protagonistas de uma revolução no mundo da comunicação. Documentos oficiais e publicações em jornais da época comprovam esse vanguardismo. Já no dia 7 de abril, o Jornal do Recife publicou uma matéria sob o título "Rádio Club", anunciando o fato histórico.

    Cabe lembrar que, naquela época, ainda não se pensava em radiodifusão propriamente dita. Só em 2 de novembro de 1920 que foi inaugurada a primeira estação de radiodifusão nos Estados Unidos, a KDKA da Westinghouse, conforme afirma Oscar Dubeux Pinto. A Clube só faz a primeira transmissão em 17 de outubro de 1922, após reorganização, objetivando usar a radiodifusão por meio de um pequeno transmissor de 10 watts de potência. Em fevereiro de 1923, já ouvia-se a transmissão em alguns bairros do Recife.

    Contudo, o papel da Clube muitas vezes é minimizado na historiografia produzida no Sudeste. Isso porque a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro foi fundada em 20 de abril de 1923, dois meses depois da transmissão da Rádio Clube. Muitos pesquisadores creditam o pioneirismo à emissora carioca, que em 7 de setembro de 1923 teria realizado a primeira transmissão radiofônica. Os registros fazem referência ao discurso do presidente da República Epitácio Pessoa, feita do Corcovado, tendo ao lado o príncipe Alberto da Bélgica

    Para além de qualquer controvérsia, é inegável a relevância da Rádio Clube para a história cultural e política de Pernambuco. O mestre Nelson Ferreira, por exemplo, foi diretor artístico e de programação por quatro décadas. O cronista, repórter e compositor Antônio Maria, e o pioneiro locutor Abílio de Castro são outros nomes que colocaram a rádio em sintonia com a nossa cultura. Foi nela que Chacrinha, Chico Anísio, Lúcio Mauro, Arlete Salles, Capiba, Claudionor Germano e Geraldo Freire iniciaram as carreiras. Intelectuais como Renato Phaelante, Valdemar de Oliveira e Luiz Maranhão também se projetaram através dela. O próprio Luiz Gonzaga ajudou a propagar a Clube pelo país.

    A Rádio Clube também foi pioneira no teleteatro, a exemplo da opereta A rosa vermelha (1932), de Valdemar de Oliveira e Samuel Campelo. Nos esportes, foi nesse veículo que se deu a primeira transmissão radiofônica do Norte/Nordeste de jogos de futebol. O locutor Abílio de Castro fez história transmitindo um clássico entre as seleções de Pernambuco e Paraíba na Ilha do Retiro.

    Em Pernambuco, os programas políticos também chegaram às ondas da Clube. A primeira iniciativa foi de Agamenon Magalhães, interventor do Estado Novo em Pernambuco, que chegou a fazer duas transmissões por dia em seu programa Conversa com o Ouvinte. Também foi dela o primeiro radiojornalista de Pernambuco, Mário Libânio. São, enfim, muitas marcas de pioneirismo e serviços prestados para Pernambuco e todo o Nordeste do Brasil.

Outras Notícias

ASSERPE assina linha de...

Kantar IBOPE Media indica que...

ASSERPE e BNB firmam termo de...

ASSERPE felicita CBN Caruaru...

Naza FM comemora 33 anos

Asa Branca FM celebra 37 anos...

Cultura FM de Serra Talhada...

CBN Recife festeja mais uma...

Rádio Cultura realiza...

Folha FM comemora 17 anos

ASSERPE repudia ato de...

ASSERPE sediará encontro...