Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Asserpe - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Asserpe.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Asserpe não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Asserpe implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar

Comunicação

Notícias

  • MCom autoriza 12 rádios em cinco estados a migrarem para a faixa FM

    26/04/2022 - ASSERPE
    Em Pernambuco, Rádio Jornal Caruaru também recebeu sua autorização

    Ela se somará às rádios Cultura do Nordeste e Cidade (antiga Liberdade AM). ASSERPE acompanhou etapas desde 2017

    O Ministério das Comunicações (MCom) autorizou a adaptação de outorgas para 12 rádios nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Alagoas e Pernambuco. Com a medida, as emissoras que operam na faixa Ondas Médias (OM), agora poderão migrar para Frequência Modulada (FM). Isso se traduz em melhoria na qualidade de som, entre outras vantagens.

    O extrato de termo aditivo foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), desta segunda (25/4).

    As cidades que terão a nova modernização em sua transmissão de rádio são: Maceió (AL), Caruaru (PE) e as cidades paulistas Botucatu, Ibiúna e Bragança Paulista.

    O avanço também chegou para os catarinenses de Brusque e Joinville que, assim como os espectadores de rádio paranaenses de Pato Branco, Roncador e de Santa Isabel do Oeste, poderão ouvir as programações sem o incomodo das interferências.

    Com a mudança das faixas o serviço de radiodifusão sonora é fortalecido e a população conta com mais vantagens, como por exemplo a mobilidade, ou seja, dispositivos móveis conseguem sintonizar em estações FM. Outro ganho que a migração trás é a diminuição dos custos para manutenção e o crescimento da audiência.

    Importante salientar que este termo aditivo não altera o prazo de vigência da outorga originária.

    No caso de Pernambuco, a emissora contemplada é a Rádio Jornal Caruaru, do Sistema Jornal do Commercio. Ela se soma às rádios Cultura do Nordeste e Cidade FM (antiga Liberdade AM) que também passaram por esse processo de migração.

    Em todos os casos, a ASSERPE deu suporte técnico em parceria com a ABERT. O processo de migração das emissoras de Caruaru passou por um acordo técnico de limitação de potência, evitando que as rádios fossem obrigadas a migrar para a Faixa Estendida.

    RELEMBRE - Em abril de 2017, uma reunião no Ministério de Ciências, Tecnologia, Inovação e Comunicações, em Brasília, reuniu representantes das emissoras do Estado, em nome das Asserpe, o corpo técnico do Ministério, o engenheiro André Cintra, da ABERT e Moisés Moreira, então Assessor Especial do Ministério das Comunicações.

    Dentre os encaminhamentos, a formalização junto ao Ministério do acordo firmado entre as emissoras de Caruaru (Liberdade, Jornal e Cultura do Nordeste) em atender as exigências técnicas necessárias para agilizar o processo de migração, evitando ter que aguardar a operação na chamada faixa estendida.

Outras Notícias

Homenagens marcam encontro...

Asserpe elege diretoria, faz...

Após ação da ASSERPE, justiça...

Nota de pesar: José Inácio...

Zé Almeida é um dos...

ASSERPE e TRE firmam parceria...

Nota: proibição de rádios de...

MCom abre Consulta Pública...

Consumo de rádio online no...

Dia Estadual do Rádio

Violações à liberdade de...

ASSERPE discutiu os rumos da...