Comunicaçao | Mídias



  • Fala Nordeste 2010

    Congresso em Fortaleza legitima radiodifusão do Nordeste

    Nordeste é a segunda região no País que mais consumiu em 2010, ficando atrás apenas do Sudeste. Além disso, foi a região que mais cresceu no último ano, acima do PIB nacional. Com esse cenário de desenvolvimento, a cidade de Fortaleza sediou, no período de 1º a 3 de dezembro de 2010, o VI Congresso de Radiodifusão do Nordeste e a VI Exposição de Equipamentos e Serviços. Com o tema Pensar, Planejar, Crescer e Investir, o congresso trouxe palestrantes de todo o País para discutir e apresentar as novidades tecnológicas e os caminhos que a radiodifusão vai seguir nos
    próximos anos.

    O já tradicional evento, realizado este ano pela Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), contou com o apoio da Abert, da Associação das Empresas de Rádio e Televisão dePernambuco (Asserpe) e das demais associações estaduais da Região Nordeste, assegurando seu êxito com a experiência de duas décadas da Embrasec Editora e Eventos.

    O Fala Nordeste deste ano contou com a participação de mais de 280 radiodifusores e radialistas e apresentou uma programação diversificada com palestras e oficinas que puseram em pauta discussões dos mais variados assuntos relacionados aos interesses das emissoras de rádio e televisão brasileiras.

    Consagrados palestrantes enriqueceram o evento com os seus conhecimentos, abordando temas tais como Vendas no Rádio, Comercialização e Projetos Especiais, Tecnologia das Empresas, TV Digital, Atendimento às Emissoras pelo Ministério das Comunicações, A Importância do Mercado de Rádio e TV para a Propaganda Brasileira, A Regularização das Emissoras, A Liberdade de Expressão e de Imprensa e Rádio Digital Cenário Mundial e o Caso Brasileiro.

    As oficinas (minicursos) também foram realizadas durante os três dias do evento, contando sempre com a participação de renomados técnicos, profissionais especialistas na área de Rádio e Televisão. As salas também apresentaram um bom público. A programação pós-congresso, realizada no sábado, dia 4, ofereceu dois importantes cursos aos participantes: um sobre transmissores e apresentação geral dos equipamentos para emissoras de rádio e outro exclusivamente sobre equipamentos de estúdio.

    Exposição

    Reunindo duas dezenas de expositores, a VI Exposição de Equipamentos e Serviços despertou interesse geral, com os radiodifusores conhecendo os mais modernos lançamentos de equipamentos para as emissoras de rádio.

    Presenças

    Prestigiaram a realização do Fala Nordeste diversos dirigentes da do Brasil, capitaneadas pelo presidente da Abert, Emanuel Carneiro. Estiveram presentes representantes das associações do Ceará (Edilmar Norões); Maranhão (Paulo Falcão); o Presidente da Asserpe, (Cleo Nicéas), Paraná (Ricardo Spinosa), Rio de Janeiro (Hilton Alexandre), Santa
    Catarina (Pedro Peiter), São Paulo (Edilberto de Paula Ribeiro), Minas Gerais (Guliver Augusto Leão) e Sergipe (José Vieira de Matos Neto). Também prestigiou o evento o assessor jurídico da Abert, Rodolfo Machado Moura.

    Paralelamente ao Fala Nordeste, foi realizada uma reunião do Conselho das Associações Estaduais de Rádio e Televisão, sob o comando do presidente da Abert,Emanuel Carneiro, oportunidade em que foram discutidos os mais importantes temas que se relacionam com as atividades da radiodifusão brasileira, como a flexibilização da Voz do Brasil e os procedimentos relativos aos direitos autorais na radiodifusão.