Comunicação

Notícias

  • Nova sede, previsão orçamentária e plano de atividades são aprovados em reunião virtual

    17/12/2020 - ASSERPE
    Encontro também debateu futuro da associação e novos parâmetros na relação comercial

    Com mais de vinte emissoras associadas e membros da Diretoria, a ASSERPE realizou hoje sua 12ª Assembleia Geral Extraordinária.

    O principal ponto na pauta, a aprovação do novo endereço da entidade, no Edifício Empresarial Desembargador Pedro Martiniano Lins, Avenida Montevideu, 172, Salas 907 e 908, Boa Vista.

    Na sua fala, o presidente da entidade, Nill Júnior, destacou todo o processo até a ida para nova sede em conjunto com o SERTEPE, parte do processo de migração de formato da entidade, aprovado e encaminhado pela Diretoria.

    A partir do convênio de representação comercial com o Escritório de Mídia, a entidade pôde ir para um espaço mais moderno, com custo operacional menor e adequada à realidade do mercado.

    ESPAÇO DO RADIODIFUSOR: “Esse é o novo espaço dos radiodifusores em Recife”, destacou. Ele informou que o local conta com espaço para que associados possam agendar reuniões, ilha com computador, impressora e internet para encaminhamento de trabalhos e outras necessidades. Para reuniões, por exemplo, basta informar à entidade data e horário e o espaço será preparado para recebe-lo.

    O radiodifusores aprovaram por unanimidade a nova sede e parabenizaram a iniciativa. Dentre os que fizeram uso da fala, Edmilson Boaviagem, Marcelo Pitanga, Iuri Maya Leite, Marco Aurélio, Ivan Feitosa e Paulo de Andrade Filho parabenizaram a iniciativa e modernização. Houve referência a Gorete Vieira, que participava da última reunião a serviço da ASSERPE e que a partir de janeiro, passa integralmente a representar o portfolio de associadas ASSERPE no Escritório de Mídia.

    ASSEMBLEIA: Houve ainda a 62ª Assembleia Geral Ordinária que aprovou a Previsão Orçamentária 2021 e o Plano de Atividades que poderá sofrer alterações em virtude da pandemia.

    Dentre os temas que serão bordados em palestras a partir do próximo ano, “Pandemia e Radiodifusão”, “Precificação – como ter parâmetros justos na Radiodifusão”, “Programação: como ajustar para conquistar ouvintes e clientes”. Foi aprovada ainda a sugestão de uma discussão sobre o processo de digitalização e presença nas redes sociais das emissoras.

    Por proposta dos radiodifusores de Caruaru e membros da Diretoria, Ivan Feitosa, Júnior Almeida e Tony Pereira, a reunião prevista para fevereiro foi "deslocada" para o mês de agosto em virtude da pandemia.

    CONSULTORIA: No bojo desse debate, a ASSERPE informou que vai em parceria com o Escritório de Mídia oferecer consultoria para melhora do comercial das emissoras em temas como precificação, combate a dupla tabela, redução de encargos como ISS, projetos de Crossmidia interagindo vendas em outras plataformas agregadas, além de outros temas para melhorar essa relação.

    Assim como acontece na venda de mídia a cliente institucional, será formatada uma Carta de Representação para dar poderes na comercialização a clientes privados foram da praça de atuação dos prefixos.

    MENSALIDADES: o presidente alertou que, com o novo formato de representação comercial, o famigerado desconto de mensalidade por campanhas, que já era condenado pela dificuldade de controle, não será mais possível.

    Emissoras que em sua minoria tinham essa prática terão que ter o cuidado com a quitação das mensalidades, incluindo na sua contabilidade o apoio à entidade. Para quitação em parcela única, será oferecido desconto de 15%.

    RADIODIFUSÃO E PANDEMIA: A reunião ainda teve um debate sobre a realidade das emissoras na pandemia, com intervenções de Paulo Fernandez, Ivan Feitosa e Cléo Nicéas.

    Em linhas gerais, discutiu-se que, apesar dos desafios, as emissoras precisam reafirmar seu protagonismo. “O medo de perder não pode tirar a vontade de ganhar”, destacou Feitosa sobre a necessidade de austeridade nos prefixos e valorização na hora de precificar.

    PRESENÇAS: Todas as regiões estiveram representadas na reunião . Dentre os nomes, Iuri Maia (Globo Nordeste), Ivan Feitosa (Liberdade de Caruaru), Cleo Niceas (Recife), Tony Pereira (Metropolitana FM), Junior Almeida (Cultura do Nordeste), Paulo Fernandes (CBN Recife), Paulo Andrade Filho e Paulo Neto (Naza FM), Marcelo Pitanga (Recife FM), Marcos Aurélio (Vitória FM), Alyson Lima (Cultura FM), Ivanildo Silva (Rádio Olinda), Edmilson Boaviagem (Asserpe/Sertepe), Paulo André (SP Eletrônica), Ana Paula Metódio (Verdade FM), Padre Givanildo (Rural FM), Francisco José (Grande Rio AM) e Gorete Vieira (Asserpe/Escritório de Mídia).

Outras Notícias

Prorrogada autorização de...

ASSERPE e Escritório de Mídia...

ASSERPE lamenta morte de...

ASSERPE faz balanço positivo...

Radiodifusão pernambucana...

ASSERPE e Escritório de Mídia...

ASSERPE lamenta falecimento...

Prêmio Maria Barroso vai para...

ASSERPE já funciona em nova...

Radiodifusão de Pernambuco...

ASSERPE lamenta falecimento...

OAB e ASSERPE avaliam...