Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site.
Ao utilizar nosso site e suas ferramentas, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Asserpe - Política de Privacidade

Esta política estabelece como ocorre o tratamento dos dados pessoais dos visitantes dos sites dos projetos gerenciados pela Asserpe.

As informações coletadas de usuários ao preencher formulários inclusos neste site serão utilizadas apenas para fins de comunicação de nossas ações.

O presente site utiliza a tecnologia de cookies, através dos quais não é possível identificar diretamente o usuário. Entretanto, a partir deles é possível saber informações mais generalizadas, como geolocalização, navegador utilizado e se o acesso é por desktop ou mobile, além de identificar outras informações sobre hábitos de navegação.

O usuário tem direito a obter, em relação aos dados tratados pelo nosso site, a qualquer momento, a confirmação do armazenamento desses dados.

O consentimento do usuário titular dos dados será fornecido através do próprio site e seus formulários preenchidos.

De acordo com os termos estabelecidos nesta política, a Asserpe não divulgará dados pessoais.

Com o objetivo de garantir maior proteção das informações pessoais que estão no banco de dados, a Asserpe implementa medidas contra ameaças físicas e técnicas, a fim de proteger todas as informações pessoais para evitar uso e divulgação não autorizados.

fechar

Comunicação

Notícias

  • ASSERPE teve mais uma reunião virtual

    24/08/2021 - ASSERPE
    Presidente da entidade anunciou que em outubro deverá ocorrer o primeiro encontro presencial pós pandemia

    Na última quinta (19) aconteceu mais uma reunião virtual Asserpe, através do aplicativo Zoom. Pela importância dos temas, a reunião teve seu início antecipado para as 16 horas e contou com cerca de 60 radiodifusores e alguns representantes de associações de outros estados, como Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

    Na primeira hora, o convidado foi CEO da Duyu Media Intelligence, Francisco Neves. Ele atua desde 2004 como especialista em Inteligência Artificial e Business Intelligence. É professor universitário e coordenador de MBA Oracle database.

    O Duyu é uma startup de Media Intelligence que usa inteligência artificial para monitorar, analisar, entender tudo é veiculado em canais de TV aberta, fechada e rádios ao redor do planeta.

    Se apresenta como empresa com tecnologia, de alta escalabilidade, inteligência artificial própria e baixo custo em relação às empresas tradicionais.

    A Duyu não retransmite conteúdos, mas entrega informações estratégicas sobre a veiculação de músicas, anúncios publicitários, conteúdo de tudo que é falado e até mesmo de forma inovadora, o aparecimento de logomarcas na TV.

    Francisco explicou que o processo de auditagem de mídia consegue monitorar a execução de spots comerciais em emissoras de rádio, músicas na programação e até marcas na TV. "É possível até monitorar quando a marca apareceu em um jogo de futebol, de que lado da tela e por quanto tempo", explicou.

    Ele fez uma apresentação da plataforma e defendeu o seu modelo como um dos melhores custos benefícios do mercado.

    Na segunda hora, o tema ECAD e Radiodifusão, com a nova Gerente da Unidade PE/RN/PB/AM, Giselle Pinto da Luz foi abordado. Ela falou da renovação do convênio com a ABERT, que beneficiou as emissoras de rádio associadas, com condições diferenciadas.

    Dentre elas, prorrogação do convênio por dois anos, até 1º de maio de 2023; não incidência de correção monetária no ano de 2021, redução das parcelas com vencimento em maio, junho e julho de 2021, no valor de 30% cada (25% do convênio ABERT-ECAD + 5% em razão da crise de COVID-19).

    A partir deste mês de agosto, as demais parcelas tem o desconto padrão do convênio ABERT-ECAD, de 25%. Ela ainda detalhou condições especiais para emissoras inadimplentes que tenham ou não evoluído para a esfera judiciais. Esses descontos podem ser negociados diretamente com a entidade e podem alcançar até 50%.

    Giselle tirou dúvidas de radiodifusores sobre a interrupção da exibição de músicas em redes sociais como Facebook e YouTube, explicando que essa interrupção, quando ocorre, não tem relação com o ECAD.

    Também se colocou a disposição para avaliar negociações pontuais, que não estejam no hall do programa de descontos apresentados, deixando claro que situações específicas necessitam de análise do núcleo nacional da entidade.

    O presidente da ASSERPE, Nill Júnior, voltou a destacar a luta por cada vez mais sensibilidade do ECAD nas negociações, garantindo o direito autoral sem inviabilizar economicamente as emissoras.

    Outra boa notícia foi a de que em outubro, a depender do avanço da queda nos indicativos da economia deve ocorrer a primeira reunião presencial depois desse ciclo de isolamento social. A data será confirmada pela entidade.

Outras Notícias

Radiodifusão celebra...

ASSERPE DAY celebra força da...

ASSERPE lamenta morte do...

Morte de Luiz de França...

Rádio Salgueiro FM adere a...

ASSERPE assina linha de...

Kantar IBOPE Media indica que...

ASSERPE e BNB firmam termo de...

ASSERPE felicita CBN Caruaru...

Naza FM comemora 33 anos

Asa Branca FM celebra 37 anos...

Cultura FM de Serra Talhada...